16 de dez de 2011

Amamentação

Nunca imaginei como seria amamentar um filho.

Uma vez ouvi de uma mulher que quando se é mãe você compreende melhor o amor de Deus por nós. Fiquei pensando se ela não estaria exagerando na sua afirmação. Hoje sei que não foi exagero o que ouvi.

Amamentar é doar-se, colocar-se em segundo lugar, deixar de ser egoísta. É pensar primeiro em seu filho, é parar um pouco, é refletir, é tanta coisa. É amor! Agora percebo quão egoísta eu era antes de ser mãe mesmo sem saber ou querer. Pra mim o que mais vai marcar é isso, esse sentimento.

Essa é uma fase que passa rápido, é alegre, difícil, complicada, emocionante, desgastante, especial. Amamentar faz parte de ser mãe. Foi Deus quem planejou assim e tudo tem um propósito.

Quando Deus nos enviou seu único filho Ele abriu mão de algo muito, muito, muito particular, precioso em nosso favor. Pensei bastante nisso enquanto amamentei. Deus se doou por nós e nós mães nos doamos aos nossos filhos de forma intensa e até exaustiva nesse período. O vínculo criado com o filho é maravilhoso, lindo, especial. Vê-lo olhar pra você, depender única e exclusivamente de você, seu leite, seu colo, seu carinho me fez pensar que é isso, exatamente isso que Deus quer de nós: dependência total Dele!

Conosco é diferente. Quando o tempo passa e o filho cresce, precisamos chegar naquele momento difícil de desmamá-lo. Com Deus, no entanto, não é assim. Devemos continuar dependendo Dele por toda a vida e na eternidade.

Só quem é mulher pode ter esse privilégio que Deus deixou que é a maternidade e com ela a amamentação.

Deus obrigada pelo leite, pela força que o Senhor me concedeu pra cumprir mais essa parte da minha missão de ser Mãe!

Levi, meu filho querido, foi um prazer amamentar você! Mamãe te ama muito, muito, hoje e sempre!

Germano, esposo amado, obrigada pelo apoio, carinho, compreensão, ajuda. Você é o melhor marido do mundo!

12 de dez de 2011

Trovões, Relâmpagos e Nuvens

Chile volcano lightning picture: Puyehue
Foto publicada por National Geographic, de Francisco Negroni, Agenci Uno/European Pressphoto Agency


É muito interessante como a Bíblia relata coisas que não entendemos de primeira. Parece que Deus não se importa muito com isso. Creio que é porque Ele prefere nos moldar perfeitamente, ainda que isto leve muito tempo.

Muitas vezes a compreensão somente chega depois de um certo tempo, quando Deus molda nossa alma e nos torna mais mansos, ou até mesmo pelo simples fato de amadurecermos como adultos.

Em outros casos, porém, Deus deixa que andemos com nossas próprias pernas pra ver se nos interessamos n'Ele e nos empenhamos em entender seus caminhos e anseios. Pra ver se vamos atrás e buscamos entender o que significa aquilo que acabamos de ler na Bíblia. Qual o propósito de Deus?... Na prática, o que Ele quer me dizer?

É um pouco difícil discernir entre estes períodos, já que temos a mania de nos apropriar dos ensinamentos e do seu Reino. Nos achamos muito capazes, e às vezes não percebemos que precisamos descansar n'Ele novamente. Parar.

Quando Deus nos coloca na "Bicicleta da vida" e solta a mão para sair andando sem que Ele segure, somos presunçosos e pensamos: "Já entendi como é andar de bicicleta!"; porém esquecemos rapidamente que Ele colocou Rodinhas na bicicleta. E o fato de que Ele soltou a mão do selim não significa que podemos sair andando para qualquer rua que quisermos. Se assim fizermos, nos perderemos e sofreremos muito.

Ainda é por causa d'Ele que não caímos para os lados.

Ainda precisamos perguntar: "Pra onde vamos agora Pai?" e agradecer pelas rodinhas porque ainda somos crianças.

É como o paralelo da História de Israel no Deserto e depois entrando em Canaã. Deus os guiou com uma nuvem de dia e uma coluna de fogo à noite por 40 anos. Chegando à Terra Prometida, a Núvem e Fogo não existiam mais, porém a Dependência de Deus permanecia. Se o povo se desviasse o Plano de Deus seria corrompido, a aliança quebrada, o sofrimento seria grande.
E infelizmente isto aconteceu com o povo.

Deus ainda ama o povo d'Ele, e apesar de todo o sofrimento gerado, Ele foi atrás para levá-los para O melhor caminho.

Deus ainda está tentando ensinar seu povo hoje. Precisamos entender o que Deus quer pois somos filhos já relativamente grandinhos (considerando a história do povo de Deus), mas ainda precisamos depender d'Ele. Somos filhos; e filhos, por mais que queiram ser "varões perfeitos", ainda não somos.

"Porque d'Ele, por Ele, e para Ele são todas as coisas" Romanos 11:36

-------------------------------------------------------------------------------------------

Fica aí umas imagens que nos ajudam a entender a descrição Bíblica da presença de Deus no Monte Sinai e na Coluna de Fogo e Núvem:

Eyjafjallajökull: subglacial volcanic eruption (continued)

São fotos de erupções de vulcões ao redor do mundo. É muito interessante o fato da descrição Bíblica se parecer tanto com estas imagens! Achei impressionante ao ponto de ficar inspirado a escrever pro Blog.

E você se acha diferente do povo de Israel? Acha que não dáva pra ter medo?
O povo não teve motivos para achar que Moisés morreu lá?
É, não somos melhores em nada.

Bem, as imagens não são do Sinai, mas pelo menos ajudam a compreender, não?


"E aconteceu que, ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões e relâmpados sobre o monte (Sinai), e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte, de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial" Êxodo 19:16

---------------------------------------------------------------------------------

'via Blog this'